Artigo, Opinião, Qualidade Industrial

Auditoria de cliente – o dia seguinte: 5 aspetos para somar pontos

Depois da preparação da Auditoria de cliente e dos erros que não deve cometer na sua preparação, do dia da Auditoria, e dos aspetos que deverá ter em conta, o presente artigo versará sobre a fase pós auditoria.

O dia da Auditoria de cliente terminou, o auditor foi embora! E agora? Quais os principais desafios que encontramos para continuar a trabalhar em equipa com toda a organização, melhorarmos onde temos que melhorar, mudarmos o que temos de mudar?

A Auditoria foi um sucesso! Ou um fracasso…não importa. Importa não desanimar, “arregaçar as mangas” porque o dia seguinte significa termos mais uma oportunidade para melhorar o nosso desempenho na organização!

5 aspetos importantes para garantir uma boa pontuação na próxima auditoria de cliente

1. O Relatório da Auditoria, o nosso guia no processo de melhoria

São várias as situações que surgem ao longo da Auditoria. Algumas eram espectáveis, outras seriam mesmo imprevistas, mas parece que tudo acontece no dia da Auditoria de cliente, mesmo na frente do Auditor. Daqui saltam as ações de melhoria (chamo assim às não conformidades! É um termo mais meiguinho!).

Um passo muito importante é a leitura e reflexão atentas do relatório, que vai ser o nosso guia em todo o processo de melhoria.

Auditoria de cliente

2. Envolvimento da Equipa de Segurança Alimentar na fase pós Auditoria de cliente

Toda a Equipa deve ter acesso ao Relatório da Auditoria.

Ler, analisar, interpretar e identificar, são as principais ações que cada elemento deve realizar. Posteriormente, sugere-se a realização de uma breve reunião, para que o Brainstorming dê lugar à identificação das causas e definição das ações a implementar, com o objetivo de eliminar as não conformidades.

3. Passar do Relatório da Auditoria de cliente para a ação

O dia da Auditoria terminou, o auditor foi embora, mas o importante é manter as equipas treinadas para que todos os dias sejam dias de Auditoria!

O mais difícil em todas as organizações são a mudança de hábitos, e isso vai-se fazendo dia após dia, o importante é não desistir!

Auditoria de cliente

4. E quando as não conformidades são da responsabilidade da Gestão de Topo…

As pessoas são o maior desafio nas organizações. Contudo, quando toca à Gestão de Topo, para nós, que estamos como responsáveis dos requisitos de segurança alimentar numa organização, nem sempre é fácil.

Existem aqueles elementos da Gestão de Topo que fazem questão de ser os primeiros a dar o exemplo, tudo direitinho, tudo como ditam as normas!

Também temos os elementos dessa equipa cuja certificação é importante com vista ao alargamento de mercados e fortalecimentos de compromissos com os seus clientes, contudo “não está nem aí” para reuniões e formações de segurança alimentar…

Este é um verdadeiro desafio: envolver e sensibilizar a Gestão de Topo, fazendo da calma, persistência e paciência as nossas maiores aliadas!

5. A Formação e o acompanhamento no terreno

A formação é muito importante. Levar os operacionais para uma sala, fazer uma pausa na sua prática diária e identificar as principais falhas, causas e ações implementadas é muito importante para que o seu cumprimento seja efetuado com maior aceitação.

A formação On-Job é, ainda, mais importante: o acompanhamento sistemático das equipas na operacionalização, identificar necessidades, melhorar continuamente, são ações que devem estar contempladas nas tarefas diárias da gestão das equipas.

Auditoria de cliente

Atualmente, são vários os clientes que nos visitam sem aviso prévio, e uma visita passa rapidamente a uma auditoria com um relatório final.

Se tivermos em conta estes aspetos, com certeza que teremos melhor pontuação nas auditorias, quer sejam previstas, quer sejam não anunciadas e deste modo os resultados e a motivação organizacional serão o melhor veículo para alcançarmos os objetivos que tanto definimos e desejamos!

Joana Duarte

Licenciada em Engª. Química Industrial, Joana Raquel Assis Duarte trabalha, há 16 anos, na Indústria Alimentar: Gestão Operacional de Produto, Planeamento Produção, Controlo de Gestão, Otimização de Processos Produtivos, Logística, Processos de Exportação, Procurement, Compras, Aprovisionamentos e Qualidade e Segurança Alimentar.

Sabia que o Accept permite digitalizar as suas auditorias, facilitando o processo de registo?

Este artigo foi útil?

Classifique este artigo

Uma vez que achou este artigo útil...

Siga-nos nas redes sociais