Indústria e Tecnologia

Ciberataques na indústria 4.0: saiba proteger a sua empresa!

Espionagem industrial, roubo, venda e restrição de dados estão cada vez mais sofisticados e atingem empresas de todas dimensões e setores. Os especialistas preveem que em 2022 os números dos ciberataques na indústria 4.0 aumentem, porque a inovação e a procura de novos métodos para a concretização destes crimes é o que move estes indivíduos e grupos organizados. Ainda assim, existem formas de prevenir e diminuir o risco de sofrer um ataque cibernético. Saiba proteger a sua empresa, neste artigo!

Perante o constante surgimento de novas ameaças no entorno digital, o Sistema ACCEPT e a Sinmetro têm procurado desenvolver as suas soluções de forma a potencializar todas as oportunidades da Quarta Revolução Industrial e evitar eventuais tentações invasivas. É fundamental proteger a sua organização destes ataques e ameaças cibernéticas, não fosse a prevenção com base na antecipação um dos principais desafios da Indústria 4.0.

As empresas começam agora a conscientizarem-se sobre a importância da segurança integral dos dados e do seu reforço, uma vez que uma aparente insignificante alteração tem a capacidade de paralisar, vulnerabilizar e prejudicar todo o sistema produtivo.

Mesmo as empresas equipadas com softwares de armazenamento de dados necessitam de repensar a segurança integral de dados e o seu reforço, para anularem todo e qualquer prejuízo industrial. Isto porque é muito melhor prevenir ataques do que recuperar-se dos impactos causados por eles. Como tal, também é necessário garantir a segurança física dos dados, nomeadamente a um grupo restrito de pessoas previamente autorizadas. Neste sentido, existem algumas organizações que têm optado por criar um novo departamento centrado na operacionalização da segurança.

Os dados são hoje a mercadoria mais valiosa, que os cibercriminosos roubam, as empresas compram e os governos acumulam. Contudo, na base do problema situam-se os consumidores que, inconscientemente ou imprudentemente, tornam os seus dados acessíveis.

Como prevenir os ciberataques na indústria 4.0?

Em seguida, estabelece-se um conjunto de boas práticas que aumentam a segurança da sua empresa e atuam na prevenção de ciberataques na indústria 4.0!

Sensibilizar os colaboradores

Os computadores e dispositivos móveis que utilizamos no nosso quotidiano, quer seja em trabalho ou em lazer, são tecnologias altamente valiosas em termos de arquivos.

Um ataque pode iniciar-se através de uma simples mensagem falsa (phishing), por esta razão, as empresas devem alertar, preparar e incentivar os seus colaboradores na adoção de medidas preventivas, capacitando-os para atuar na antecipação de eventuais ataques.

Autenticação de dois fatores

A autenticação de dois fatores acrescenta uma camada adicional de segurança aquando de um “login” numa conta, exigindo que o utilizador cumpra duas formas de autenticação.

Por norma, a primeira forma de autenticação é a sua senha, mas a segunda pode ser um SMS, um código enviado para um e-mail ou outro.

Este método é uma solução de caráter preventivo uma vez que, para efetuar um login o utilizador deve possuir determinados elementos que geralmente são enviados por prestadores de serviços online no momento. Além de que, dificilmente um cibercriminoso consegue descobrir a sua senha, roubar-lhe o telemóvel e comprometer a sua conta de e-mail em simultâneo e mesmo que descubra a senha, ser-lhe-á enviado um código para autenticação de dois fatores, alertando-o para o facto de se tratar de um ataque.

Guardar todos os arquivos na nuvem

Existem diversas empresas que dispõem de serviços de backup em nuvem e proteção contra ransomware destrutivo, entre outros malwares.

Instalar o melhor programa de antivírus, mantendo-o atualizado

Atualmente, adotar e atualizar hábitos de navegação inteligentes e evitar websites com aparência superficial podem não ser suficientes para evitar que um malware consiga penetrar o seu sistema. Por esse motivo, ter um excelente programa de antivírus instalado e atualizado é um elemento importante para garantir uma segurança cibernética eficaz contra os diversos códigos maliciosos, que podem atacar os seus dispositivos através de anúncios pop-up indeléveis, por exemplo.

Quer isto dizer que o malware tem a capacidade de bloquear o seu acesso completo ao dispositivo, para exigir pagamentos de regaste em troca dos seus arquivos, ou simplesmente corromper, silenciosamente, o hardware.

Atualizar a firmware

Esta atualização, que varia de acordo com o fabricante do produto, deve ser implementada para evitar incompatibilidades de hardware e de processamento de dados.

Utilizar uma VPN

Para manter as navegações digitais e as suas informações confidenciais totalmente privadas, torna-se imprescindível instalar a tecnologia VPN e privilegiar a utilização de uma rede virtual privada. Esta tecnologia adiciona várias camadas de privacidade, encapsulando e criptografando, sempre que estabelece uma conexão digital, ocultando a atividade no ciberespaço, localização, identidade e IP.

Como os provedores de serviços de Internet armazenam grandes quantidades de informação sobre hábitos de navegação e atividades online sem consentimento, cada vez mais pessoas apostam em proteger a sua privacidade através desta tecnologia.

Segmentar redes

Proteger redes de automação industrial de ataques cibernéticos significa repensar máquinas e sistemas equipados com sistemas de acesso remoto operados, muitas vezes, por terceiros. Por esse motivo, rastrear e analisar riscos, criar cenários hipotéticos e testagem, com foco nos colaboradores, tecnologias, procedimentos, e sistemas integrais, permitem antever vulnerabilidades e melhorar as políticas internas de segurança.

Uma Firewall Industrial instalada, por exemplo, antes de um roteador de acesso remoto permitirá escudar essa área da empresa, protegendo a rede interna, independentemente dos roteadores das máquinas industriais. O importante é proteger a troca de dados, transparente e sem necessidade de endereço IP, entre WAN e LAN que, por sua vez, se encontram no mesmo segmento da rede. Na eventualidade de optar por uma solução que privilegia antes IP diferentes, o filtro de pacotes também permitirá segmentar a rede.

Encriptar a informação em processo

Informações criptografadas em todos os processos da empresa garantem que nenhuma pessoa terá acesso ao seu conteúdo além dos colaboradores previamente autorizados.

Descarregar patches

Um patch é um programa criado com o intuito de atualizar ou corrigir um software em termos de bugs e vulnerabilidades de segurança, bem como melhorar a sua usabilidade e performance.

Hospedar corretamente o site empresarial na web

Estabelecer presença online com a criação de um site para a sua empresa pressupõe uma escolha de hospedagem do mesmo. A hospedagem na web é um serviço online que permite lançar um site na Internet.

Na prática, está a alugar algum espaço num servidor físico, em um único computador que funciona de forma ininterrupta, que será responsável pelo armazenamento de todos os arquivos e dados que o site necessita para o seu correto funcionamento, ao mesmo tempo que garante a sua acessibilidade em todas as partes do mundo a qualquer pessoa e oferece proteção aos dados contra possíveis ataques malware.

Centro operacional interno de segurança

Na eventualidade de a sua empresa possuir um departamento interno de segurança, estes colaboradores podem ter o cuidado de ir atualizando os restantes colegas para o surgimento de novas práticas e táticas utilizadas por estes grupos ou indivíduos singulares, bem como a sugestão de cuidados e boas práticas a implementar.

Por outro lado, os colaboradores deste departamento também necessitam de formação constante para o desenvolvimento de novas capacidades técnicas, transmissão de conhecimento e sugestão de políticas internas, para se estabelecer determinados padrões de proteção corporativa. Este conjunto de medidas possibilitará detetar as ameaças ainda em estágios iniciais.

Ciberataques na indústria 4.0 – um inimigo cada vez mais sofisticado!

Em conclusão, com a intensificação contínua dos ciberataques na indústria 4.0 em todo o mundo, a sistemas de informação e dados, sobretudo após a pandemia de covid-19 que apurou o desenvolvimento de novas técnicas de invasão a sistemas organizacionais, e porque se espera uma intensificação do número de ciberataques na indústria 4.0 no futuro, é fundamental que as empresas e as organizações se conscientizem de que base do problema se situa nos consumidores que tornam os seus dados acessíveis.

Por esta razão, procurou estabelecer-se um conjunto de boas práticas, no sentido de ajudar as empresas a tomar atitudes mais conscientes e preventivas, de forma a proteger os seus dados e informações contra um inimigo cada vez mais sofisticado!

Gostaria de conhecer mais sobre este tema? Faça download do E-book “Ciberataques na Indústria 4.0: Como combater um inimigo cada vez mais sofisticado?”.

Este artigo foi útil?

Classifique este artigo

Uma vez que achou este artigo útil...

Siga-nos nas redes sociais