Pré-embalados, Qualidade Industrial

Pré-embalados: cumpro todos os requisitos legais?

O controlo metrológico dos produtos pré-embalados é obrigatório para qualquer produto embalado na ausência do consumidor, em quantidades entre os 5 g/mL a 10kg/L, abrangendo a maioria dos produtos alimentares.


Para garantir que o consumidor leva para casa a quantidade correta e de forma a poder colocar a marca de conformidade “e” na embalagem, o embalador deve obedecer aos requisitos do DECRETO-LEI 199/2008 de 8 Out, de 2008 e da PORTARIA 1198/91 de 18 Dez, de 1991.

De forma resumida, o embalador deve:

1.Dotar-se dos meios indispensáveis à execução das medições e ajustamentos necessários, para o controlo diário da quantidade pré-embalada;


2. Efetuar registos dessa atividade e conservá-los durante um período que poderá variar entre 1 e 5 anos, em função do prazo de validade dos produtos;


3.Cumprir as “três regras do embalador”: 


a) Garantir que a média acumulada dos conteúdos efetivos, dos seus produtos pré-embalados, não seja inferior à sua quantidade nominal; 


b) Não deverá existir mais do que uma embalagem, em cada 40 (2,5%), que tenha uma quantidade inferior ao valor nominal menos o Erro Admissível por Defeito (EAD);


c)Nenhum pré-embalado deve ter um erro, por defeito, superior ao dobro do erro admissível.


4. Notificar anualmente uma entidade competente, para a verificação dos conteúdos efetivos dos pré-embalados. 

  • Text Hover
  • Text Hover
Ainda com dúvidas?
Esclareça todas as suas questões sobre controlo metrológico de pré-embalados no e-book "Controlo metrológico de Pré-embalados - Perguntas frequentes do embalador"

Este artigo foi útil?

Classifique este artigo

Uma vez que achou este artigo útil...

Siga-nos nas redes sociais