ACCEPT, Artigo, Qualidade Industrial

Softwares de Gestão Industrial: Best of Breed ou Best of Suite?

O tecido empresarial está cada vez mais digitalizado, exigindo a seleção, implementação e atualização de software que permitam a gestão industrial dos diversos departamentos de uma empresa. Certamente a sua empresa já foi confrontada, em algum momento, com esta tarefa crucial. Saiba que existem duas abordagens predominantes na gestão industrial, a Best of Breed e a Best of Suite, e ainda uma híbrida que resulta da combinação de ambas. Considerando que todas têm os seus benefícios, desafios e perigos que influenciam o sucesso das organizações, é importante entender qual é a melhor estratégia de gestão a adotar em cada contexto industrial: Best of Breed ou Best of Suite?

Best of Breed: O que é?

A abordagem Best of Breed é caracterizada pela seleção de softwares altamente especializados para cada departamento da empresa. Cada software é escolhido por ser líder no seu domínio específico. Este tipo de estratégia permite que cada departamento obtenha a melhor funcionalidade possível.

Imagine uma empresa do setor automóvel que tem o objetivo de otimizar os processos de produção. Ela pode optar por um software de design e engenharia líder para o departamento de Investigação & Desenvolvimento (I&D), por um sistema de gestão da cadeia de fornecimento para dar resposta à complexa rede de fornecedores, e um software de gestão de produção para otimizar os processos de fabrico.

Prós e contras da abordagem Best of Breed

Na abordagem Best of Breed, cada departamento opera com uma solução que atende às suas necessidades exclusivas, permitindo uma estratégia altamente personalizada. Como os softwares são especializados, eles tendem a acompanhar as tendências do setor e as mudanças tecnológicas com mais agilidade.

Softwares de gestão industrial: Best of breed ou Best of suite?

Os seus principais benefícios são, portanto, a excelência funcional, a personalização e a inovação instantânea. Mas será isto suficiente para maximizar a eficiência e a qualidade em toda a cadeia de valor de uma empresa?

A utilização de diversos softwares industriais para gerir todos os departamentos de uma empresa apresenta os seguintes desafios:

Integração complexa: Diferentes softwares podem não ser nativamente compatíveis entre si, o que pode levar a desafios significativos de integração, já para não falar do maior tempo implementação. Este desafio pode resultar em problemas de compartilhamento de dados, dificuldades na sincronização de informações entre os sistemas e aumentar a complexidade operacional.

Custos mais elevados: A aquisição, implementação e manutenção de múltiplos softwares podem ser mais caros do que a adoção de uma solução única e integrada. Além dos custos iniciais, possivelmente terá de suportar os custos recorrentes de licenciamento, atualizações e suporte para cada software individual, dependendo da modalidade disponibilizada pelo fornecedor e da escolha do cliente.

Resistência à mudança: Cada software tem sua própria jornada de aprendizagem, o que pode levar mais tempo e recursos gastos em formação e adaptação, especialmente quando novos funcionários são integrados nas equipas. Por outro lado, a introdução constante de novos softwares pode causar resistências diversas por parte dos colaboradores, que podem sentir-se sobrecarregados com as mudanças frequentes.

Ilhas de informação: Se os softwares não estiverem bem integrados, a informação pode ficar dispersa em diferentes sistemas, dificultando a recolha e análise de dados de diferentes departamentos de forma eficaz. Este desafio pode impedir a visibilidade sobre o desempenho geral da empresa, bem como prejudicar a capacidade da empresa para tomar decisões informadas e estratégicas baseadas em dados.

Maior complexidade de TI: Cada software adicionado à infraestrutura da empresa representa uma potencial superfície de ataque. Manter vários softwares atualizados e seguros pode ser um desafio, especialmente se não houver uma estratégia de segurança unificada. Deste modo, a gestão de vários softwares industriais exige recursos de TI mais robustos para manter, atualizar e resolver problemas em cada sistema.

Best of Suite: Unificando para simplificar

Contrariamente à Best of Breed, a abordagem Best of Suite envolve a escolha de um único sistema abrangente que ofereça módulos integrados para cada departamento. Esses sistemas oferecem uma visão unificada de toda a empresa, permitindo uma colaboração mais eficiente entre departamentos e uma compreensão holística das operações.

Exemplo na indústria Agroalimentar

Uma empresa que produz bebidas pode optar por um sistema de software de controlo da qualidade que abrange desde a gestão contínua da segurança, da qualidade e da rastreabilidade até à otimização de toda a cadeia de valor. Esta estratégia elimina a necessidade de múltiplas soluções desconexas e cria uma experiência fluida entre os departamentos.

Por exemplo, o Sistema ACCEPT, da SINMETRO é uma solução integrada de gestão da qualidade que, ao fornecer recursos modulares, digitalizam, automatizam e simplificam o controlo dos processos, garantindo um fluxo contínuo de dados dentro da empresa. São eles:

ACCEPT Quality – Controlo estatístico da Qualidade

gmL – Controlo Metrológico de Pré-Embalados

spc – Controlo Estatístico do Processo

micro – Rastreabilidade das Amostras de Microbiologia

sensorial – Gestão de provas de Análise Sensorial

ocorrências – Gestão de Ocorrências

ACCEPT MSA – Gestão e validação de Sistemas de Medição.

ACCEPT OEE – Monitorização do Desempenho das Linhas de Produção.

ACCEPT - sistema de software de controlo da qualidade

É de realçar que o sistema ACCEPT permite também implementar módulos independentes em diferentes áreas da qualidade industrial. Por esta razão, pode ser uma solução a considerar em ambas as abordagens.

Quais são os benefícios da abordagem Best of Suite?

Integração simplificada: Uma das principais vantagens é a integração simplificada. Como todas as funcionalidades são fornecidas por um único sistema, os módulos são projetados para trabalhar em conjunto de forma harmoniosa. A Best of Suite elimina a necessidade de realizar complexas integrações entre diferentes softwares, reduzindo potenciais problemas de incompatibilidade e melhorando a eficiência operacional.

Visão holística da cadeia de valor: Com um sistema unificado, as informações de todos os departamentos estão disponíveis num só lugar. O sistema oferece à gestão uma visão holística das operações da empresa, permitindo tomar decisões mais informadas e estratégicas. A capacidade de aceder, em tempo real, aos dados de várias áreas possibilita uma compreensão mais profunda dos fluxos de trabalho e das interações entre departamentos.

Softwares de gestão industrial: Best of breed ou Best of suite?

Colaboração próxima: A abordagem Best of Suite promove a colaboração entre departamentos de maneira mais fluida. Os dados podem ser compartilhados com facilidade entre diferentes partes da organização, o que facilita a comunicação e a tomada de decisões conjuntas e evita a redundância de esforços e a desconexão entre departamentos.

Manutenção e suporte simplificados: Lidar com um único fornecedor de software simplifica a manutenção e o suporte técnico. As atualizações são geridas de maneira centralizada e a equipa de TI pode focar os seus esforços num único sistema.

Menor curva de aprendizagem: Com um único sistema para aprender e dominar, a curva de aprendizagem para os funcionários é geralmente mais suave. Treinar as equipas apenas numa única plataforma é mais eficiente do que ensinar a utilização de várias ferramentas especializadas.

Uniformização de processos: A adoção de um sistema unificado promove a uniformização dos processos ao longo de toda a cadeia de valor de uma empresa, aumentando a consistência das operações e facilitando a implementação das melhores práticas setoriais.

Escalabilidade: A Best of Suite geralmente oferece módulos que podem ser ativos ou descontinuados do sistema conforme as necessidades da empresa. Deste modo, a empresa pode crescer e adaptar as funcionalidades do seu sistema à medida que novas necessidades surjam.

Qual a melhor abordagem: Best of Breed ou Best of Suite?

A decisão entre as abordagens Best of Breed e Best of Suite varia em função das necessidades específicas da empresa, da sua estrutura e metas de negócios. Cada abordagem tem as suas vantagens, desafios e perigos, pelo que a decisão deve também ser tomada com base no contexto industrial.

Enquanto as soluções Best of Breed oferecem a excelência focada em departamentos individuais, as soluções Best of Suite simplificam a colaboração e possibilitam a visão holística da cadeia de valor. Uma abordagem híbrida pode também ser considerada, escolhendo-se as melhores soluções especializadas para as áreas mais prementes e um sistema abrangente para áreas interconectadas.

A pensar nisso, criámos o ACCEPT 360º, uma camada de supervisão web para gestão integrada dos diferentes aspetos e módulos da qualidade industrial que, através de dashboards e relatórios parametrizáveis, oferece uma visão global dos seus processos previamente digitalizados.

Diga adeus às ilhas de informação! Saiba como o sistema ACCEPT foi desenhado para responder às necessidades da sua empresa de forma integrada no vídeo que se segue.

Solicite uma demonstração gratuita do sistema ACCEPT!

Este artigo foi útil?

Classifique este artigo

Uma vez que achou este artigo útil...

Siga-nos nas redes sociais